Colóquios

ficção, filosofia, fome (de conhecimento)

Archive for the ‘apresentação’ Category

Now and zen

with 3 comments

Naqueles tempos, os tempos pertenciam a um outro tempo.

Lá fora, vivia-se a ressaca do movimento cyberpunk. Aqui dentro vivia-se a ressaca, e só. Sobre os campos cobertos de destroços e tacapes despedaçados, ainda se podia ouvir o eco de antigas batalhas travadas em nome de… em nome do quê, mesmo? Ninguém sabia direito. Sabia-se apenas que estavam todos exauridos e, como índios de uma legião urbana, morria-se de saudades de tudo o que ainda não víramos. Fanzines eram coisa do passado, ezines e blogs pertenciam ao futuro. Havia muito pouco da atual efervescência que inundou a rede ao raiar do século XXI. Uma das poucas exceções era a lista da Intempol, que durante quase dez anos foi o principal aglutinador da literatura fantástica no Brasil.

E foi lá, nos corredores da Empresa, que dois veteranos da Segunda Onda – seja lá o que for que tiver sido, maremoto ou marola – se encontraram com um jovem cheio de entusiasmo e começaram a trocar idéias sobre essa estranha criatura mítica que alguns juravam já ter visto por aí, a ficção científica, e sobre seu ainda mais estranho e mítico rebento, a ficção científica brasileira.

A princípio, eram papos informais, entre um cafezinho e outro, nos intervalos das reuniões virtuais. Mas então os três perceberam que, ei, até que essas idéias jogadas não eram de se jogar fora. E, entre conversas por ICQ (vejam só vocês!) e trocas de emails, decidiram colocar os colóquios no ar. Os colóquios não duraram muito tempo, nem chamaram muita atenção. Mas fizeram um bem danado.

Pelo menos para nós.

Passaram-se os anos, porque é da natureza dos anos passar. Dos três autores dos colóquios originais sobraram dois. Aquilo que alguns identificam como a Terceira Onda começou a tomar forma no espaço virtual da Web. Algumas editoras, muito paulatinamente, começaram a despertar de seu sono dogmático. Comunidades no Orkut começaram a substituir as listas de discussão como pontos-de-encontro privilegiados pelos habitantes do planeta Fandom.

E os dois veteranos da Segunda Onda começaram a perceber que ainda gostavam de trocar idéias sobre estranhas criaturas e seus míticos rebentos.

Alguém na escuta?

Anúncios

Written by Lúcio Manfredi

13/12/2008 at 15:37

Publicado em apresentação

teste é coisa que não existe

with 2 comments

Porque quem se joga de cabeça sem rede de proteção, como dizia Cacilda Becker, não pode parar no meio do salto. Nem nós. Estamos aqui, começando nossos trabalhos hoje, para celebrar uma amizade antiga e many happy returns, como dizem os ingleses.

Este é um retorno feliz. Há mais de dez anos, eu, Lúcio Manfredi e Hidemberg Frota lançamos um projeto pequeno porém honesto, mas ao qual demos um nome nada modesto: os Colóquios. Vocês vão notar que não apresentamos link para o site original porque o site original não existe mais. Infelizmente nem eu nem o Lúcio dispomos do conteúdo desses colóquios, tampouco o encontramos nos labirintos  dos sites mortos da Web (se alguém aí ainda tiver esse conteúdo, entre em contato, please). Nosso amigo Hidemberg casou, mudou e hoje é um bem-sucedido advogado e pesquisador. Nós casamos (não um com o outro, que fique claro), mudamos (eu, carioca, vim para São Paulo e o Lúcio, paulistano, foi para o Rio) e também fomos à luta.

Hoje, uma década depois (ou talvez mais, minha memória não é mais o que era antigamente), resolvemos voltar a bater papo. Bater bola, trocar idéias, conversar. É disto que este blog trata. (Quando fizemos os primeiros colóquios, ainda não existiam blogs, vejam vocês!)

O tema básico, como da outra vez, é ficção científica. Mas vocês podem esperar de tudo um pouco: filosofia, história, política, sociologia, literatura, weirdisms, enfim, tudo o que nos der na telha.

Espero que gostem.

Written by Fabio Fernandes

13/12/2008 at 14:28